quarta-feira, 23 de outubro de 2013

O PETRÓLEO NÃO É MAIS NOSSO!

Texto de Aloisio Guimarães

Os brasileiros mais velhos, inclusive deputados, senadores, a presidenta Dilma e seus ministros, se lembram muito bem da emocionante campanha "O Petróleo é nosso", que tomou conta do Brasil, em defesa do petróleo que estava sendo descoberto no território brasileiro e ao mesmo tempo estimulando o patriotismo nacional.
O principal foco daquela campanha foi o de não permitir a participação do capital estrangeiro na exploração do petróleo, importante recurso natural e vital a qualquer país do mundo, à época, recém descoberto no Brasil.
Os debates sobre o tema foram tão acirrados que a criação da Petrobras foi um dos resultados concreto da vitória dos nacionalistas, que agiram em defesa da soberania nacional sobre o chamado "ouro negro".
Esta semana foi realizado o leilão para a exploração do Campo de Libra, a monumental jazida de petróleo descoberta na camada pré-sal em nosso país. Neste leilão, apenas um consórcio participou e ganhou, com preço mínimo, o direito de explorar o referido campo.
O consórcio vencedor é formado pela brasileira Petrobras (40%), a anglo-holandesa Shell (20%), a francesa Total (20%), a chinesa CNPC (10%) e a outra chinesa CNOOC (10%).
Uma análise menos apurada dos números acima, para quem não entende de economia (o meu caso), demonstra claramente que a participação do capital nacional na exploração do Campo de Libras é minoritária, de apenas 40 % (Petrobras) contra os 60% das empresas estrangeiras (Shell, Total, CNPC e CNOOC).
E ainda mais, apenas 41,65% do óleo extraído serão destinados ao Brasil, confome contrato!
Por isso pergunto:
- É ou não é a privatização estrangeira do nosso petróleo?
- Estão ou não mandando às favas a soberania nacional?
Não venham querer justificar, alegando que o Brasil vai ganhar bilhões de reais com o tal leilão: seria o mesmo que aceitar ser um corno porque o Ricardão vai pagar todas as contas!
Para quem viveu e vibrou com o "petróleo é nosso", estão cometendo um crime contra nosso país.
Para mim, ficou provado que a chamada "Privataria Tucana", criticada e explorada pelos petistas, não passe de "óleo queimado", um produto de valor insignificante, em comparação com que eles estão fazendo!

2 comentários:

  1. ALÓ, meu caro jovem, também sou mininu moço,
    mas me lembro muito bem o que foi aquela grande
    campanha nacionalista "O Petróleo é nosso".
    Naqueles idos, década de 50 do século passado,
    os políticos eram raposas, 'velhas raposas' com é
    do próprio gênero político; hoje, todavia, como o
    advento das ratazanas do pt o entreguismo e a
    roubalheira viraram instituições nacionais. Nada,
    no lado de baixo do equador, se compara a
    ptralhada ensandecida, ella forma a mais astuta
    e danosa quadrilha formal deste País.
    Leilão de um, unzinho, né nem privatização é
    pura e descarada 'entregação'; agora, o
    petróleo é coisa da china . . .
    (AAraujosilva, desde os confins da Jatiúca
    em Maceió das Alagoas)

    ResponderExcluir
  2. Muito bem esclarecido meu caro amigo...Com essa turma dos petralhas,tudo vai para a pior...Vamos continuar como dantes no quartel de Abrantes...

    ResponderExcluir