terça-feira, 26 de novembro de 2013

MENINOS, EU TAMBÉM VI!

Texto de Aloisio Guimarães

Domingo passado fui testemunha de três recordes esportivos que levarão muitos anos para serem quebrados ou igualados:
À tarde, assisti, em Interlagos, o GP Brasil de Fórmula 1 e vi o alemão Sebastian Vettel se tornar em um dos pilotos com o maior número de vitórias consecutivas (9 vitórias) e também ser um dos pilotos com maior número de vitórias numa mesma temporada (13 vitórias).
Somente quem estava no autódromo era capaz de ver, com uma clareza espantosa, a larga vantagem de Vettel (e seu carro) sobre os demais competidores. Logos nas primeiras voltas, todos estávamos admirados com o "banho" que ele já dava nos outros carros! Tínhamos a certeza de que somente um acidente poderia fazer com que ele perdesse a prova e, como não aconteceu, ele venceu e se tornou recordista.

À noite, mesmo não sendo um são-paulino, fui ao Morumbi testemunhar o grande (e injustiçado) goleiro Rogério Ceni se tornar o recordista mundial como o jogador que mais vezes vestiu a camisa de um mesmo clube de futebol: 1.117 jogos pelo São Paulo Futebol Clube! E olhe que ele ainda não se aposentou!
O jogo foi contra o Botafogo-RJ e terminou 1x1. Por ironia do destino, infelizmente, o gol do Botafogo surgiu depois de uma falha sua (dele), ao sair mal do gol, tentando cortar um cruzamento.
Parabéns, Vettel!
Parabéns, Rogério!

Nenhum comentário:

Postar um comentário