terça-feira, 13 de janeiro de 2015

TEMPO: O BANCO DA VIDA

POSTAGEM: ALOISIO GUIMARÃES

Imagine que você tenha uma conta bancária e a cada manhã você receba um saldo de R$ 86.400,00. Só que não é permitido transferir o saldo para o dia seguinte. Todas as noites o saldo é zerado, mesmo que você não tenha gasto tudo.
- O que você faria?
Certamente você gastaria cada centavo. 
Isso não é imaginação; você é um cliente desse banco. Ele se chama "TEMPO". Todas as manhãs são creditados 86.400 segundos na sua vida. Todas as noites o saldo é zerado. Não é permitido acumular saldo para o dia seguinte. Todas as manhãs a sua conta é reiniciada e todas as noites as sobras se evaporam. E nisso não há volta.
- Como você anda gastando esse saldo que Deus credita em sua vida todas as manhãs?
Para você perceber o valor de um ano, pergunte a um estudante que repetiu o ano na escola.
Para você perceber o valor de um mês, pergunte a uma mãe que teve o seu bebê prematuramente.
Para você perceber o valor de uma semana, pergunte ao diretor de um jornal semanal.
Para você perceber o valor de uma hora, pergunte aos namorados que estão ansiosos por se encontrar.
Para você perceber o valor de um minuto, pergunte a uma pessoa que perdeu o ônibus.
Para você perceber o valor de um segundo, pergunte a uma pessoa que conseguiu evitar um acidente.
Para você perceber o valor de um milésimo de segundo, pergunte a alguém que venceu a medalha de ouro numa olimpíada.
Valorize cada momento que você tem. Ontem é história, Amanhã é mistério, Hoje é dádiva, por isso é chamado de PRESENTE!

Nenhum comentário:

Postar um comentário