sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

O MERCADO DE AÇÕES

POSTAGEM: ALOISIO GUIMARÃES

Certa vez, em um pequeno e distante vilarejo, apareceu um homem anunciando que queria comprar burros e que pagaria R$ 100,00 por cada animal.
Como havia muitos burros na região, os aldeões rapidamente correram para o campo e iniciaram a caçada aos animais. Como resultado, o homem comprou centenas de burros a R$ 100,00 cada unidade.
Mas, diante da grande demanda de compra, o número de burros começou a ficar reduzido e os aldeões tinham que se esforçar muito para encontrá-los, diminuindo o número de animais vendidos. Assim, para voltar a comprar burros, o homem aumentou a sua oferta e anunciou que pagaria R$ 200,00 por cada um. Os aldeões foram novamente à caça e com muita dificuldade encontraram alguns animais, desestimulando os aldeões a procura-los. O homem aumentou a sua oferta para R$ 300,00, mas mesmo assim, a quantidade de burros era tão pequena que já não havia mais interesse dos aldeões em caçá-los. O homem, então, anunciou que compraria cada burro por R$ 500,00 e como iria à cidade grande, deixaria seu assistente, cuidando da compra dos burros.
Na ausência do homem, seu assistente propôs aos aldeões:
- Sabem os burros que o homem comprou de vocês? Eu posso vender todos eles a vocês por R$ 300,00 cada. Assim, quando o homem voltar da cidade, vocês vendem a ele pelos R$ 500,00 que ele oferece e ganham uma boa bolada.
Os aldeões pegaram suas economias e compraram de volta todos os burros que tinham vendido ao homem...
Os dias se passaram e o homem não voltou...
Os aldeões nunca mais viram nem o homem e nem o seu assistente; somente burros, por todos os lados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário