quarta-feira, 25 de março de 2015

TERRÍVEL VINGANÇA

POSTAGEM: ALOISIO GUIMARÃES

Amit era um alto funcionário da Corte do Rei Akbar.
Há muito tempo que ele nutria uma vontade incontrolável de acariciar os voluptuosos seios da Rainha. Porém, ele nunca ousou tentar a realização dos seus sonhos...
Um dia, ele revelou seu desejo a Birbal, um homem muito sábio e que era também o principal Conselheiro do Rei, pedindo-lhe que fizesse algo para ajudá-lo.
Birbal, depois de muito pensar, concordou, mas impôs uma condição:
- Você terá que me pagar mil moedas de ouro.
- Trato feito - respondeu Amit, aceitando o acordo.
Então, no dia seguinte, enquanto a Rainha tomava banho, Birbal derramou, no sutiã dela, uma poção que tinha preparado e que era capaz de causar comichões na pele humana.
Tão logo a Rainha vestiu a peça íntima, a coceira começou...
E, como não parava, o Rei ficou muito preocupado e mandou chamar todos os médicos da Corte, mas nenhum deles foi capaz de acabar com a coceira nos seios da Rainha.
Assim, desesperado, o Rei pediu ao sábio Birbal que encontrasse uma solução.
- Majestade, eu já vi caso semelhante e asseguro que apenas uma saliva especial, aplicada durante 4 horas, é o único remédio capaz de curar este mal - disse Birbal.
- Como e onde posso encontrar essa saliva milagrosa, Birbal? - Perguntou o Rei.
Então, Birbal respondeu:
- Somente na boca de Amit, um dedicado súdito de Vossa Alteza.
Como não tinha outra solução, o Rei Akbar mandou chamar Amit e o ordenou que curasse a Rainha, conforme tinha receitado Birbal.
Súdito obediente, Amit, pelas 4 horas seguintes, fartou-se de sugar, à vontade, os suculentos e deliciosos seios da Rainha: lambeu, mordeu, apertou, acariciou e passou a mão à vontade, como ele sempre desejou.
No outro dia ele se encontrou com Birbal e, com o seu desejo plenamente realizado e sua luxúria satisfeita, se recusou a pagar o combinado ao Conselheiro e, ainda por cima, o ameaçou porque sabia que Birbal jamais teria coragem de contar tudo ao Rei. Se o fizesse, fatalmente, ambos seriam mortos.
Erroneamente, Amit subestimou a inteligência de Birbal, esquecendo-se que ele era um homem sábio, muito sábio!
No dia seguinte, por vingança, Birbal colocou o mesmo líquido nas cuecas do Rei que, imediatamente, mandou chamar Amit!
Moral da História:
NUNCA DEIXE DE HONRAR OS SEUS COMPROMISSOS!

Nenhum comentário:

Postar um comentário