quinta-feira, 21 de janeiro de 2016

SEPARAÇÃO POR CARTA

POSTAGEM: ALOISIO GUIMARÃES

CARTA DA ESPOSA
Paulo,
Estou escrevendo esta carta para dizer que vou lhe deixar para sempre. Fui uma boa mulher para você durante sete anos e não tenho nada a provar. As duas últimas semanas foram um inferno. O seu chefe me chamou para dizer que tinha lhe demitido e isto foi a última gota. Na semana passada, chegou em casa e não notou que eu tinha um novo penteado e tinha ido à manicure. Cozinhei a sua refeição preferida e até usei uma nova lingerie. Chegou em casa, comeu em dois minutos e foi dormir depois de ver o jogo. Não diz que me ama, nunca mais fizemos sexo. Ou está me enganando ou já não me ama mais, seja qual for o caso, vou lhe deixar. Vá pro inferno!
Da sua ex-mulher,
Alice
P.S. Se quiser me encontrar, desista. O Júlio, aquele seu “melhor amigo” das noitadas de boliche e eu vamos viajar para o nordeste e vamos nos casar! 

CARTA-RESPOSTA DO MARIDO “CHUTADO”

Querida ex-mulher Alice,
Nada me fez mais feliz do que ler a sua carta. É verdade que estivemos casados durante sete anos, mas dizer que você foi uma boa mulher é exagero. Vejo futebol para tentar não lhe ouvir resmungar a toda hora. Assim não valia a pena. Realmente reparei que tinha um novo penteado na semana passada, a primeira coisa que me veio à cabeça foi “Parece um homem”. Mas a minha mãe sempre me disse para não dizer nada que não fosse bonito. Quando cozinhou a minha refeição preferida, deve ter confundido com a do meu amigo Júlio, porque deixei de comer porco há sete anos… Fui dormir porque reparei que a lingerie ainda tinha a etiqueta do preço. Rezei para que fosse uma coincidência: o meu melhor amigo me pedir emprestado R$ 100,00 e a lingerie ter custado R$ 99,99… Depois de tudo isto, eu ainda lhe amava e senti que poderíamos resolver os nossos problemas. Assim, quando descobri que eu tinha ganho na loteria, deixei o meu emprego e comprei dois bilhetes de avião para o Taiti. Mas, quando cheguei em casa, você já tinha ido… Fazer o quê? Tudo acontece por alguma razão. Espero que você tenha a vida que sempre sonhou...
O meu advogado me disse que, devido à carta que você escreveu, não vai ter direito a nada. Portanto, se cuida! Divirta-se!
Paulo,
Milionário, Bonitão, Gostosão e Solteirão.
P.S. Não sei se eu alguma vez lhe disse isto, mas o Júlio, o meu “melhor amigo”, é portador do vírus HIV. Espero que isto não seja um problema…

2 comentários:

  1. Como não rir diante disto! Nossa! Será uma coincidência tudo ter acontecido aos 7 anos de convivência? rs.

    ResponderExcluir
  2. Amigo Aloísio,
    Você arruma cada história!

    ResponderExcluir