sexta-feira, 29 de abril de 2016

AS AVENTURAS DE TORRESMO

POSTAGEM: ALOISIO GUIMARÃES

Por causa de sua estupidez e burrice, a professora estava sempre gritando com Torresmo:
- Você me deixa louca, Torresmo! Você não tem jeito!
Um dia, a mãe de Torresmo foi até a escola para verificar como o seu filho estava indo. A professora disse, honestamente, para a mãe dele que Torresmo era um desastre, que tinha notas muito baixas e que ela nunca viu um menino assim, que não gosta de estudar, em toda sua vida profissional ensinando crianças.
A mãe ficou tão chocada com esta sincera conversa que tirou o filho da escola, saiu do interior e mudou-se para São Paulo.
Vinte e cinco anos depois, esta mesma professora foi diagnosticada com uma grave enfermidade no coração, quase incurável. Todos os médicos da região indicaram que ela necessitava de uma cirurgia do coração, mas que este tipo de operação somente um jovem e conceituadíssimo médico em São Paulo, dono de mãos milagrosas era capaz de fazer.
Deixada sem otimismo, a professora decidiu tentar esta última esperança. Ela foi para São Paulo e realizou, com o sucesso esperado, a tal operação. Quando ela abriu os olhos, voltando da cirurgia, viu um belo e jovem médico à sua frente, sorrindo para ela...
Mas, assim que começou a agradecer ao médico pela salvação de sua vida, não pode falar. O seu rosto ficou roxo, ela levantou a mão, tentou gritar e não conseguiu e, rapidamente, morreu.
O jovem e conceituado médico ficou chocado, tentando entender o que aconteceu de errado. Mas, ao olhar para os lados, quem foi que ele viu? Viu que o maldito faxineiro Torresmo, que trabalhava no hospital, tinha desligado os equipamentos da tomada do quarto para ligar o seu aspirador de pó e limpar o corredor do hospital.
E você aí, achando que Torresmo tinha se tornado médico, né?
Estude não...

Nenhum comentário:

Postar um comentário