quarta-feira, 18 de maio de 2016

O MONGE E O SAMURAI

POSTAGEM: ALOISIO GUIMARÃES

Conta uma velha história japonesa que certa vez um guerreiro samurai desafiou um mestre Zen a explicar o conceito de céu e inferno. Mas o monge respondeu-lhe com desprezo:
- Não passas de um rústico! Não vou desperdiçar meu tempo com gente da tua laia!
Atacado na própria honra, o samurai teve um acesso de fúria e, sacando da bainha a espada, berrou:
- Eu poderia matar-te por tua impertinência.
- Isso - respondeu calmamente o monge - é o inferno.
Espantado por ver a verdade no que o mestre dizia da cólera que o dominara, o samurai acalmou-se, embainhou a espada e fez uma mesura, agradecendo ao monge a intuição.
- E isso - disse o monge - é o céu.

2 comentários:

  1. Sobre a nota, à direita, sobre a COMENDADORA saiba que
    não existe "CÂMERA" DE VERADORES o correto é CÂMARA DE VERADORES.
    CAMÊRA, só fotográfica.

    CÂMARA É UM APOSENTO, UM LOCAL ONDE SE REUNEM OS LARÁPIOS,
    DIGO, POLÍTICOS.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro Francisco,

      É evidente que a pressa é inimiga da perfeição. Posso cometer (e cometo) erros de concordância, mas não de significado de palavras.
      Veja que, no seu comentário, você escreveu "CAMÊRA", ao invés de "CÂMERA".
      Continue me honrando, visitando meu modesto blog, sempre disponível para publicação de textos dos leitores.
      Abraço.

      Excluir