quarta-feira, 14 de setembro de 2016

UM ORADOR INTELIGENTE

POSTAGEM: ALOISIO GUIMARÃES
Um exemplo de oratória e habilidade política, ocorrido há algum tempo na ONU, fez sorrir toda a comunidade mundial ali presente.
Falava o representante de Israel na ONU:
- Antes de começar o meu discurso, quero contar-lhes algo inédito sobre Moisés...
Todos ficaram muito curiosos e ele continuou:
 - Quando Moisés golpeou a rocha com seu cajado e dela saiu água, pensou imediatamente: "Que boa oportunidade para tomar um banho!". Tirou a roupa, deixou-a junto da pedra e entrou n´água. Quando acabou de banhar-se e quis vestir-se, sua roupa tinha sumido! Os palestinos haviam-na roubado!
Um representante da Palestina, de pronto, levantou-se furioso e bradou:
 - Que mentira descabida! Nem havia palestinos naquela época!
O representante de Israel então sorriu e afirmou:
- Muito bem... Então, agora que ficou bem claro quem chegou primeiro a este território e quem foram os invasores, posso enfim começar o meu discurso.
Se um discurso semelhante fosse aplicado ao Brasil, como seria?

Nenhum comentário:

Postar um comentário