quinta-feira, 6 de outubro de 2016

CAMINHO PARA O PARAÍSO

POSTAGEM: ALOISIO GUIMARÃES

Raquel, judia, e Joana, católica, sempre foram muito amigas, mas como não queriam dar trabalho a seus familiares, cada uma resolveu ir viver numa casa de repouso de sua respectiva religião.
Alguns anos depois, Joana sente saudades de sua amiga e resolve visitá-la na casa de repouso. Quando se encontram é um festival de choro, beijos e abraços. Passadas as primeiras emoções, elas conversam:
- E aí, Raquel, como é a vida nesta casa?
Raquel conta a respeito da comida que é maravilhosa, das instalações, das companheiras... E depois, com um piscar de olhos, ela confidencia:
 - O melhor, Joana, é que eu arrumei um namorado!
Joana exclama:
- Virgem Santa! Que maravilha! Conta-me como é isso!
- Bom, depois do almoço nós vamos até o meu quarto e nos sentamos na beira da cama. Eu deixo ele me tocar em cima, depois em baixo, e então nós cantamos canções hebraicas. É maravilhoso!
- Isso é uma bênção, Raquel! Estou tão feliz por você!
- E você, Joana? Como é lá na sua casa de repouso?
Joana conta a respeito da comida maravilhosa, das instalações... Depois, com um piscar de olhos, ela confidencia:
- Eu também tenho um namorado, Raquel!
- Oh, que bom, Joana! E o que é que você faz com seu namorado?
Joana sorri e responde:
- Nós subimos para o meu quarto depois do almoço e nos sentamos na beirada da cama. Eu deixo ele me tocar no alto, depois em baixo...
Raquel ansiosa pergunta:
- E aí?
Joana continua:
- E aí, como nós não conhecemos nenhuma canção hebraica, nós trepamos!
MORAL DA HISTÓRIA
"Fazer menino" também te leva ao paraíso!

Nenhum comentário:

Postar um comentário