segunda-feira, 17 de outubro de 2016

IRMÃOS

POSTAGEM: ALOISIO GUIMARÃES

O fato narrado a seguir é apresentado como tendo ocorrido em uma paróquia italiana, mas poderia ter ocorrido em qualquer lugar do mundo.
Durante a missa, logo após "O Pai Nosso", durante o "momento de paz", onde todos os "irmãos" se cumprimentam, um senhor distinto, bem vestido, com popas de rico, estende a mão para um senhor barbudo, de roupas modestas, que se encontra ao seu lado e diz  :
- Paz do Senhor, irmão.
O outro responde:
- Paz do Senhor.
Quis o destino que, terminada a missa, os dois homens se encontrassem novamente, agora no restaurante situado na praça da cidade.
O homem barbudo se aproxima restaurante da praça, o barbudo que o saudou na igreja e pergunta:
- Então, posso ir almoçar com o senhor?
O outro lhe responde:
- Claro que não! Eu nem lhe conheço...
O barbudo comentou:
- Mas há poucos minutos o senhor não me chamou de irmão?
PENSE NISSO...

Nenhum comentário:

Postar um comentário