sexta-feira, 25 de novembro de 2016

CEIA DE NATAL

POSTAGEM: ALOISIO GUIMARÃES

Uma semana antes do natal a mãe liga para a casa da filha e do filho que moravam em Nova York e, com uma voz muito triste, ela desabafa:
- Filha, eu lamento estragar o seu natal, mas já não aguento mais. O seu pai está insuportável. Eu vou me separar dele, antes que ocorra algo de mais grave entre nós.
- Mãe, como assim se divorciar?! Vocês estão casados há cinqüenta anos! Você e o papai são o casal mais feliz que eu conheço. A semana passada eu liguei para a senhora e a senhora disse que estava tudo bem. O que aconteceu mãe?
- Filha, eu lamento... Eu não queria lhe incomodar com isso, mas já não suporto mais. Avise o seu irmão. Amanhã eu vou pegar as minhas coisas e vou para a casa da sua tia Alice.
- Mãe! Não faça nenhuma loucura! Eu e o meu irmão estamos indo para aí imediatamente. Antes de a gente chegar, não tome nenhuma atitude da qual a senhora venha a se arrepender. Vamos conversar em família. Tenho certeza que tudo ficará bem, ok?
- Certo, filha, vou esperar por vocês...
Ambas desligaram os telefones.
A mulher vira-se para o lado e diz:
- Meu velho, deu certo! As crianças vão estar aqui para a nossa ceia de Natal.
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário