sexta-feira, 1 de janeiro de 2016

QUE TENHAM TODOS UM PÉSSIMO 2016...

Texto de Aloisio Guimarães
 
Jesus nos ensinou que devemos amar ao próximo como a nós mesmo, mas... 
• Como poderei amar o governante corrupto, que vive fazendo falcatruas, que usa o dinheiro público como se fosse dele?
• Como poderei amar quem rouba o dinheiro dos hospitais, da segurança pública e da educação e com ele compra mansões, carros de luxo, iates e ainda leva os seus filhinhos queridos para passeios na Europa e na América?
• Como poderei amar o traficante que destrói as famílias com a sua droga, sob o olhar complacente e covarde das autoridades, que teimam em combater os efeitos e não a causa?
• Como poderei amar um pedófilo que descarrega seus "instintos animais" em crianças indefesas?
• Como poderei amar o colega de trabalho que vive fazendo fofoca e intrigas; que procura subir a todo custo, bajulando seus superiores e pisando no próximo; que vibra de contentamento, quando um companheiro é dimetido?
• Como poderei amar o assaltante que mata nossos filhos e pais, para roubar a porcaria de um celular ou um par de tênis?
• Como poderei amar o invejoso que, na sua pobreza de espírito, não consegue aceitar o sucesso dos outros?
• Como poderei amar o falso amigo que aproveita da ausência do outro para destilar todo o seu veneno, caluniando e difamando?
• Como poderei amar o terrorista que explode um ônibus escolar, matando crianças inocentes, como forma de protesto ou de luta?
• Como poderei amar o pistoleiro assalariado que tira a vida de um ser humano, que nunca tinha visto antes e que nunca lhe fez mal, somente porque um covarde o contratou para fazê-lo?
• Como poderei amar o estuprador que violentas nossas filhas e esposa, quando não as mata?
Eu não vou ser hipócrita...
Amá-los, como a mim mesmo, seria igualar-me a eles e creio que este não foi o sentido da mensagem de Jesus. Portanto, desejo ardentemente que estes "filhos da puta", e outros da mesma laia, tenham em 2016 o pior ano de suas vidas. Que o castigo divino caia sobre eles, mandando-os para o inferno, o quanto mais cedo melhor, porque o mundo precisa de paz!
Paz, saúde e sucesso aos homens de bom coração.
Direitos humanos para os humanos direitos!
Que Deus me perdoe, se eu estiver errado!

Um comentário:

  1. Estou de acordo com você, Aloisio... Mas, para você, desejo-lhe um 2016 cheio de muita paz! (Pilar)

    ResponderExcluir