sexta-feira, 31 de janeiro de 2014

MICHAEL SCHUMACHER

POSTAGEM: ALOISIO GUIMARÃES

O texto abaixo serve para mostrar àqueles que ainda não entenderam o porquê da comoção em relação ao Michael Schumacher e seu estado de saúde, após o acidente que sofreu esquiando. Com certeza o mundo estará mais triste se perdermos esse incrível ser humano: Michael Schumacher:
Michael Schumacher foi um gênio nas pistas. Ele sempre passou uma imagem de austeridade e seriedade, foi competitivo ao extremo, passou por várias polêmicas em sua carreira na Fórmula 1 como todo gênio desse esporte.
Schumacher possui uma fortuna estimada em 600 milhões de euros, mas poucos conhecem o "ser humano", um lado importantíssimo dele que ninguém conta.
Assim, saiba que, entre outras coisas:
Schummy é embaixador da UNESCO, doou mais de US$ 1,5 milhões para projetos ligados a educação e ao esporte, incluindo alguns no Brasil.
Financiou, sozinho, a construção de uma escola para crianças pobres de Senegal, além de contribuir para melhorias da própria cidade de Dakar.
Construiu, sozinho, um hospital especializado em amputados, para apoiar as vítimas da guerra de Sarajevo.
Em Lima, no Peru, fez o "Palácio para os Pobres", centro de ajuda para as crianças de rua, com alimentação, educação, cuidados médicos, roupas e abrigo.
Para as vítimas do tsunami que atingiu a Ásia em 2004, Schummy doou nada mais nada menos do que US$ 10 milhões, a maior doação individual de um esportista.
Para a Fundação William J. Clinton, que cuida das crianças com HIV, malária e pobreza, ele doou mais U$ 5 milhões.
Para enchentes que devastaram a costa Europeia, mais US$ 1 milhão de dólares.
Schumacher foi pessoalmente visitar as vitimas do terremoto na Costa Rica onde se emocionou bastante e deixou mais uma doação de 1 milhão de dólares para as vítimas.
Schumacher adotou uma cadelinha que vivia andando pelos boxes de Interlagos faminta e muito magra, apelidou ela de Pulga, levou ao veterinário cuidou e levou a cadela abandonada para viver com ele na Alemanha. Pulga virou uma espécie de celebridade pois ele levava ela para tudo que é circuito em finais de semana de corridas, na foto acima Schummy e Pulga dando uma voltinha em Ímola na Itália.
Se você achava que ele era apenas um rico ex-piloto de F1, deve ter mudado de ideia...

quinta-feira, 30 de janeiro de 2014

BRAZIL

POSTAGEM: ALOISIO GUIMARÃES

O site MoveHub, resolveu ajudar os gringos que pretendem conhecer o Brasil (a Copa do Mundo vem aí) e traduziu, para o inglês, os nomes dos estados brasileiros.
Para o site, a maioria dos nomes dos nossos estados é de origem tupi-guarani, dificultando a tradução para o inglês, e muitos nomes são nomes controversos, especialmente o Amapá, Maranhão, Acre, Ceará, Pernambuco, Goiás e Rio de Janeiro. Alerta ainda que o resultado final é fruto das interpretações mais aceitas pelos os tradutores do site.
Veja no que deu...

Acre - Green River (Rio Verde)
Alagoas - Lakes (Lagos)
Amapá - Place of Rain (Lugar de Chuva)
Amazonas - The Amazons (O Amazonas)
Bahia - Bay (Baia)
Ceará - Green Waters (Águas Verdes)
Espírito Santo - Holy Spirit
Goiás - People of Guaiá (Povo de Guaiá)
Maranhão - Amazon River (Rio Amazonas)
Mato Grosso - Thick Bushes (Mato Grosso)
Mato Grosso do Sul - Thick Bushes of the South (Mato Grosso do Sul)
Minas Gerais - General Mines (Minas Gerais)
Pará - Sea (Mar)
Paraíba - Bad for Navigation (Ruim para Navegação)
Paraná - River (Rio)
Pernambuco - Long Sea (Grande Mar)
Piauí - Piaba Fish River (Rio de Peixe Piaba)
Rio de Janeiro - River of January (Rio de Janeiro)
Rio Grande do Norte - Great Northern River (Rio Grande do Norte)
Rio Grande do Sul - Great Southern River (Rio Grande do Sul)
Rondônia - Land of Rondon (Terra de Rondon)
Roraima - Green Peak (Pico Verde)
Santa Catarina - Saint Catherine (Santa Catarina)
São Paulo - Saint Paul (São Paulo)
Sergipe - River of Crabs (Rio de Siris)
Tocantins - Toucan`s Beak (Bico do Tucano)

QUARENTA ANOS

POSTAGEM: ALOISIO GUIMARÃES


terça-feira, 28 de janeiro de 2014

PENSE GRANDE: ÁGUIAS NÃO CAÇAM MOSCAS

POSTAGEM: ALOISIO GUIMARÃES



Águias não caçam moscas“, ou seja, "pessoas águias" não se prendem a coisas inúteis, não desperdiçam seu tempo com coisas sem propósito; "pessoas águia" mantém o foco, definem objetivos e partem para o ataque.
A águia nunca volta do voo rasante sem pegar o seu objetivo, porque são sábias, pacientes e esperam a hora certa.
As 20 atitudes da Águia:
META
Saber exatamente o que deseja alcançar.
ESTRATÉGIA
Definir a forma de atingir os objetivos.
VISÃO DE LONGO ALCANCE
Enxergar de longe o objetivo e os obstáculos.
FOCO
Escolher exatamente um alvo.
PLANEJAMENTO
Planejar o modo de chegar ao seu objetivo.
PREPARAÇÃO
Antecipar todas as informações e providências de modo a estar apto para a ação.
CONCENTRAÇÃO
Não se dispersar no momento de agir.
PACIÊNCIA
Aguardar a hora certa.
SENSO DE OPORTUNIDADE
Perceber o momento exato de agir.
AGILIDADE
Agir com desembaraço, leveza e vivacidade.
VELOCIDADE
Movimentar-se com rapidez.
PREPARO FÍSICO
Manter-se em boa forma.
FORÇA
Manter os músculos com energia para enfrentar os momentos decisivos.
TÉCNICA
Ter capacidade de atingir o objetivo com precisão.
CONFIANÇA
Acreditar totalmente em sua capacidade.
DETERMINAÇÃO
Tentar de novo, caso a investida não dê certo.
FATOR SURPRESA
Surpreender o alvo.
OUSADIA
Aventurar-se, inovando rumos e atitudes, sem medo de se expor.
SEGURANÇA
Cuidar das condições necessárias para viver e trabalhar de forma segura.
RESPONSABILIDADE
Honrar seus compromissos.

domingo, 26 de janeiro de 2014

A POLÊMICA DOS ROLEZINHOS

Texto de Rubens Mário
PROFESSOR E ADMINISTRADOR DE EMPRESAS

Mais uma vez, o nosso país foi sacudido por uma nova onda de maus costumes - os já famosos rolezinhos. A primeira noticia sobre os novos encontros da nossa juventude desmiolada foi divulgada pelas grandes redes de televisão abertas, e aconteceram na região sudeste. Na oportunidade, o que assistimos foi uma grande bagunça, que teve depois a intervenção da policia militar, seguida de depredações e arrastões na cidade de São Paulo. Sem muito conhecimento do novo movimento, quem presenciou as cenas de terror, se apressou em condenar os atos.
Após o surgimento de novas edições do movimento, li diversas opiniões de alguns intelectuais de gabinete - geralmente, pessoas que não vivem a realidade na prática - afirmando que os comerciantes dos shoppings centers, estavam segregando jovens negros e pobres e, por conseguinte, coibindo as entradas e permanências dos mesmos naqueles locais frequentados pela classe média brasileira.
A Ministra da Secretaria Nacional dos Direitos Humanos da República, Maria do Rosário, afirmou em entrevistas, que não vê os rolezinhos como um problema de policia, porém, disse também - o que eu entendo como uma grave contradição ao governo do qual ela faz parte - que deveríamos nos preocupar com o que estamos oferecendo à esses jovens pobres das nossas periferias sociais, citando, inclusive, a falta  de lugares para eles fazerem seus encontros, à exemplo de praças públicas.
Ainda, segundo as opiniões de alguns intelectuais de plantão, a reunião dos jovens nos centros de compras, afirma a manifestação desses adolescentes, como sendo uma tendência natural, e que eles só querem se divertir, curtir um funk, e “pegar umas mina”. De acordo com entrevistas dadas a diversos órgãos midiáticos, alguns participantes dos rolezinhos, afirmaram gastar em média R$ 500,00 por mês para se produzirem, se exibirem nas redes sociais, alcançando a fama e, assim, angariando admiradores carentes de educação, para, posteriormente, “zuar e pegar as mina” nos shoppings centers.
O que me inquieta e preocupa com essas manifestações e reações da maioria dos formadores de opinião é falta de atenção e cuidados com o novo mundo que já está aí solidificado e com tendências a se acentuar. Na verdade, ninguém, principalmente, os nossos governantes, está preocupado com a educação genuína dos jovens brasileiros, e nem dimensionam as desastrosas consequências de tudo isso. A nossa legitima Presidente Dilma, declarou, recentemente, em rede nacional, que as escolas onde estudam os filhos do Bolsa Família, oferecem boa qualidade de ensino, pasmem! O próprio termo “rolezinho” é uma prova inequívoca da nossa pobreza mental. A expressão "vou dar um role", era usada há alguns anos pelos malandros da época quando queriam dizer que iriam dar umas voltas sem destino.
Quando aceitamos como uma nova tendência cultural esse tipo de manifestação, sem qualquer compreensão inteligível, estamos, também, aprovando todos os descasos com a nossa educação básica.
Sei e reconheço que nesse país, eivado de indecências, inescrúpulos, diferenças e preconceitos de todos os tipos, já se configuram diversos apartheids camuflados, mas, no caso dos tais rolezinhos, não consigo entender como arbitraria, a reprovação dos empresários e dos outros frequentadores, ou, como um preconceito contra negros e pobres, afinal, esses adolescentes realizam as tais “zueiras” e “pegações”, vestidos com “roupas de marca” e, sem o acompanhamento dos seus pais ou responsáveis.
Seria interessante que o governo federal, depois de adotar a educação pública básica, convocasse os pais dos rolezeiros e os orientassem para que os seus filhos, através das redes sociais, promovessem encontros culturais e até campanhas de doações de diversos tipos.

sábado, 25 de janeiro de 2014

AS FASES DO HOMEM

POSTAGEM: ALOISIO GUIMARÃES


O SONHO

Texto de Dr Milton Marques

Há muito tempo, esta vida me ensina
que a política é a mesma e é assim:
engana aqui, engana ali, vai enganando
e no final a culpa cai em mim.
Por que votei? Por que errei? Eu vou seguindo,
sem me dar conta do mal que a mim eu fiz.
E sigo ouvindo: deputado ou presidente,
algum artista sempre chega e me diz:
Eu sou honesto, eu sou capaz, eu sou decente!
Mais competente do que eu não vai nascer!
E enquanto aguardo o seu voto consciente,
bem me preparo pra você eu defender.
Um dia desses, retirante nordestino
venceu a fome e devagar também chegou.
Mas, rodeou-se de uma corja de safados
e em pouco tempo seu mandato destroçou.
Perdeu crença dos que nele acreditaram
e que pensavam o sonho se concretizar.
Agora chora lamentando a "trairagem",
mas teve tempo deles se desvencilhar.
Quinhentos anos de governo de direita,
sem saber como a esquerda estava ali.
Por trinta anos construiu uma subida,
mas pouco tempo precisou pra destruir.
Traíram o povo com promessas de esperança:
terra adorada da sociedade igual.
Se lambuzaram do poder com tal cinismo
e o povo heroico foi ficando sempre mal.
"País de todos", bem há muito propagado
em "outdoors" que vão se multiplicando.
Grandes louvores em festins ornados,
pra fazer ver que tudo está mudado (!?)
O "fome zero", como nuvem se desfez,
nem dava mesmo para acreditar.
Onde se viu dar comida e água fresca,
sem nada em troca pra pode justificar?!
Criando escolas de doutor por todo canto,
a grande chance pra quem quer se diplomar.
Será que pensam que o futuro com diploma
já lhes garante o direito a trabalhar?
Se não bastassem tantos erros e pecados,
até o povo arquitetaram a traição,
desviando um montão público de dinheiro
para a alguns pulhas pagar vil "mensalão".
Está bem claro e não há como disfaçar
que o projeto de governo era uma farsa,
pois num projeto de poder tanto apostaram.
Que, afinal, deu em toda essa desgraça.
Não se esperava de partido de "princípios" (?)
que em sua "ética" (?) criticava tudo à frente.
Com tantos erros, tantos roubos, tal vergonha,
ainda pretende se postar como decente?
Triste destino de um país em seu futuro,
é o que pensa quem tem tempo pra pensar.
Bem sabe ele que amanhã darão as ordens
os descendentes deles hoje estão lá.
Mas, na verdade, diz-se: é minha culpa!
Nada resolve que eu fique a lamentar.
Lição tardia, já tomei e já pratico:
não mais respondo por quem quer que chegue lá.
Anulo o voto, pois não sei quem tem vergonha
pra no poder, poder me representar.
E faço votos que você assim bem pense
e pensando queira até me acompanhar.
Foi só um sonho e que frustração me trouxe!
Tanto tempo, tantos anos e já era.
Feriram alma do votante mais humilde
que, amargurado, a humilhação espera.
E até quando abusará da nossa crença
toda essa súcia que insiste em nos lesar -
nós brasileiros já cansados de sofrer!
E porque não também cansados de votar?
Só sendo burro, masoquista ou sem-vergonha,
pra sufragar um partido que o traiu.
Que ele morra! Pouco ou nada se resolve!
Que sobreviva! Vá à puta que o pariu!
Mas que mentira? Que vergonha, ó PT!
Será mesmo que tu tens o que explicar?
Mostraste a cara, mas a alma estava á venda.
E ainda pensas que eu posso acreditar?  
 
 

sexta-feira, 24 de janeiro de 2014

LEMBRANÇA DO PASSADO

POSTAGEM: ALOISIO GUIMARÃES


domingo, 19 de janeiro de 2014

O CANDIDATO

Texto de Carlito Lima

Pensa que não, os políticos já estão na rua catando votos para outubro desse ano. Semana passada, meu amigo, jovem engenheiro, Armando Frutuoso, propenso candidato a deputado estadual, convidou-me para acompanhá-lo numa viagem ao sertão.
Não me fiz de rogado, até gosto dessas viagens, dos embalos de campanha, principalmente porque o candidato é um jovem em quem acredito, embora seja mais moço, tenho de dar crédito à juventude, melhorar o nível dessa Assembleia Legislativa ou vamos pagar um preço caro em descrédito na democracia, a mais justa, por isso, a mais difícil forma de governo.
Armando é excelente técnico, engenheiro, dedicado, aperfeiçoado em engenharia civil, tem construtora, vai bem em suas finanças, agora resolver candidatar-se. 
Ainda na manhã do sábado partimos para as primeiras jornadas, o destino final era a bonita e aprazível cidade de Olho D’Água das Flores.
Chegamos em Santana do Ipanema na hora do almoço, logo estávamos com amigos, políticos. Quando de repente apareceu um bando de mulheres bonitas, entre elas, a namorada de Armando, ele solteiro, vive à procura do amor de sua vida. Uma bonita moça de pele macia, morena, olhos verdes acinzentados, ao lado da mãe, quem olhava dizia ser irmãs gêmeas. A mãe enviuvou cedo, tinha só uma filha e uma grande alegria de viver, refletida em seus belos olhos verdes, pareciam duas contas pequeninas. Maurício de Nassau e seus soldados holandeses espalharam esses magníficos olhos verdes, miscigenando o sertão nordestino nos séculos passados.
Depois do almoço, foi marcado encontro no clube, onde haveria festa por volta das nove da noite.
Passamos a tarde visitando vilas e fazendas. Aonde chegávamos havia comida e bebida. Candidato que se preza jamais pode deixar de beber e comer em cada canto que chega. Só de uísque da fazenda do Dr. Chiquinho deixou a comitiva alegre, meio de porre. Ao chegarmos em Olho D’Água das Flores perto das oito da noite pegamos um hotel.
Preparava-me para dormir, tirar um sono merecido, entretanto, meu amigo Armando insistiu, fez questão de minha presença. Tomei um banho, troquei a roupa, parti junto aos amigos para a festa.
No clube, houve acalorada recepção, nos colocaram em uma mesa especial, rodeados de vários amigos e políticos locais. Sertanejo é povo hospitaleiro e bom.
Ambiente de boate, luzes escuras, música suave, ótimo para conversar, beber um uisquinho, local agradável, familiar, descontraído. 
Ao longe, uma mulher fez sinal para Armando. Ele pediu licença, ia dançar com a namorada. O meu amigo estava com o teor etílico ultrapassando o limite, isso é bêbado. Lá se foi andando trôpego até a sua linda namorada.
Cumprimentou-a, logo puxou-a levemente pelo braço, arrastou a moça para o salão.
A música suave fez trazê-la mais junto, corpo a corpo, houve certa resistência no início, momentos depois os dois dançavam como se fosse apenas um corpo, entre os dois não passava um raio de silibrina.  Nesse bom momento, Armando alisou a companheira, carícias lascivas, cheiro no pescoço, lambida nas orelhas, as mãos trabalhavam obedecendo às vontades.
Os dois ficaram num gostoso abraço dançante, esfregaram-se por mais de meia hora.
De repente, sua parceira, afastou-se um pouco, olhou em seus olhos bêbados, falou sorrindo:
- Pronto, está bom! Agora vá dançar com sua namorada, Daniela acabou de chegar, está na entrada com as meninas. Essa dança é nosso segredo, qualquer dia a gente dança mais.  
Foi quando Armando percebeu, com certa alegria, estava dançando com sua magnífica, estonteante sogra.
Nesse embalo vai terminar sendo eleito.
 

sábado, 18 de janeiro de 2014

FERIADÃO EM SALVADOR

POSTAGEM: ALOISIO GUIMARÃES

Feriadão em Salvador
Que loucura! Não sou baiano, mas estou achando a programação muito boa. Após o sorteio da Copa, foram verificar o calendário de junho/julho de 2014 e descobriram que, em Salvador:
• 12/06 - QUINTA FEIRA
Jogo do Brasil
• 13/06 - SEXTA-FEIRA
Jogo Espanha x Holanda (em Salvador)
• 14/06 - SÁBADO
• 15/06 - DOMINGO
• 16/06 - SEGUNDA-FEIRA
Jogo Alemanha x Portugal (em Salvador)
• 17/06 - TERÇA-FEIRA
Jogo do Brasil
• 18/06 - QUARTA-FERIA
Pausa para Trabalhar
• 19/06 - QUINTA-FEIRA
Corpus Christi
• 20/06 - SEXTA-FEIRA
Jogo França x Suíça (em Salvador)
• 21/06 - SÁBADO
• 22/06 - DOMINGO
• 23/06 - SEGUNDA-FEIRA
Jogo do Brasil
• 24/06 - TERÇA-FEIRA
Dia de São João
• 25/06 - QUARTA-FEIRA
Jogo Bósnia x Irã (em Salvador)
• 26/06 - QUINTA-FEIRA
Pausa para Trabalhar
• 27/06 - SEXTA-FEIRA
Pausa para Trabalhar
• 28/06 - SÁBADO
 Jogo de Oitavas de Final - pode ter jogo do Brasil
• 29/06 - DOMINGO
Jogo de Oitavas de Final - pode ter jogo do Brasil
• 30/06 - SEGUNDA-FEIRA
Pausa para Trabalhar
• 01/07 - TERÇA-FEIRA
Jogo das Oitavas de Final (em Salvador)
• 02/07 - QUARTA-FEIRA
Feriado de Independência da Bahia
• 03/07 - QUINTA-FEIRA
Pausa para Trabalhar
• 04/07 - SEXTA-FEIRA
Jogo de Quarta de Final - pode ter jogo do Brasil
• 05/07 - SÁBADO
Jogo de Quarta de Final (em Salvador) - pode ter jogo do Brasil
• 06/07 - DOMINGO
• 07/07 - SEGUNDA-FEIRA
Pausa para Trabalhar
• 08/07 - TERÇA-FEIRA
Jogo Semifinal - pode ter jogo do Brasil
• 09/07 - QUARTA-FEIRA
Jogo Semifinal - pode ter jogo do Brasil
• 10/07 - QUINTA-FEIRA
Pausa para Trabalhar
• 11/07 - SEXTA-FEIRA
Pausa para Trabalhar
• 12/07 - SÁBADO
Jogo de disputa do Terceiro Lugar - pode ter jogo do Brasil
• 13/07 - DOMINGO
Decisão da Copa do Mundo - pode ter jogo do Brasil
• 14/07 - SEGUNDA-FEIRA
Dia da ressaca...
A partir de 15/07, retorno ao trabalho normalmente porque ninguém é de ferro!
Esse é o meu país!