quarta-feira, 24 de agosto de 2016

ALIMENTADOS

POSTAGEM: ALOISIO GUIMARÃES
 
Um cara olhou para a minha “Harley” e disse:
- Estou me perguntando quantas pessoas poderiam ter sido alimentadas pelo dinheiro que essa moto custa...
Respondi:
- Eu não tenho certeza, mas alimentou um monte de famílias em Milwaukee, Wisconsin, que a construíram; alimentou as pessoas que fazem pneus; as pessoas que fizeram os componentes que vão nela; o povo na mina de cobre, que minou o cobre para os fios; as pessoas em Decatur Il, na Caterpillar, que fazem os caminhões que transportam o cobre minerado. Acho que realmente não sei quantas pessoas foram alimentadas...
Essa é a diferença entre o capitalismo e a mentalidade assistencialista. Ao comprar algo, você coloca dinheiro no bolso das pessoas e dá a elas a dignidade por suas habilidades. Quando você dá a alguém algo em troco de nada, está roubando sua dignidade e autoestima.
Capitalismo de mercado é dar livremente o seu dinheiro em troca de algo de valor, como Ludving Von Mises ensinou. Socialismo, Comunismo e Social Democracia é ter seu dinheiro tomado contra sua vontade e receber, à força, algo que nunca pediu.
By The Free Patriot 

terça-feira, 23 de agosto de 2016

POEMA ANATÔMICO

POSTAGEM: ALOISIO GUIMARÃES

POEMA ANATÔMICO
Quer seja curto ou comprido
Quer seja fino ou mais grosso
É um órgão muito querido
Por não ter espinhas nem osso
De incalculável valor
Ninguém tem um a mais
E desempenha no amor
Um dos papéis principais
Quando uma dama aparece
Ei-lo a pular com fervor
Se é um rapaz, estremece
Se é velho, tem pouco vigor
O seu nome não é tão feio
Pois tem sete letrinhas só
Tem um "R" e um "A" no meio
Começa em "C" e acaba em "O"
Nunca se encontra sozinho
Vive sempre acompanhado
Por outros dois orgãozinhos
Junto de si, lado a lado
O nome destes porém
Não gera confusões
Tem sete letras também
Tem "L" e acaba em "ÕES"
Prá acabar com o embalo
E com as más impressões
Os órgãos de que eu falo...
São o Coração e os Pulmões.
PENSOU BESTEIRA, NÉ?
MENTE SUJA! APROVEITA O RESTO DO DIA E VAI REZAR...

segunda-feira, 22 de agosto de 2016

A SABEDORIA

POSTAGEM: ALOISIO GUIMARÃES

Um homem de 72 anos tinha o hábito de pescar no rio. Ele estava sentado no barco, pescando como de costume, quando ouve uma voz dizendo:
- Ei, por favor, pegue-me...
Ele olhou ao redor e não viu ninguém. Achou que estava sonhando, mas, mais uma vez, ouviu a voz:
- Ei, pegue-me...
Ele olhou ao redor mais uma vez e viu, na sua frente, um sapo boiando na água do rio. O homem ficou surpreso, pois nunca tinha visto um sapo falante, mas perguntou:
- Está falando comigo?
O sapo disse:
- Sim, estou falando contigo. Tire-me aqui do rio e então dê-me um beijo, e eu vou me transformar na mais linda mulher que você já viu em toda a sua vida, a ponto de deixar seus amigos caindo de inveja. Eu serei sua esposa!
O homem olhou para o sapo e decidiu pegá-lo. Retirou-o da água do rio e cuidadosamente o colocou no bolso da camisa.
O sapo então pergunta:
- Ei, está louco? Prestou atenção no que eu disse? Disse para me beijar e eu serei sua linda e maravilhosa esposa.
Ele olhou para o sapo e disse:
- Ah, não! Na minha idade, eu prefiro a companhia de um sapo falante!
COM A IDADE, CHEGA A SABEDORIA!

domingo, 21 de agosto de 2016

O ÚLTIMO DESEJO

POSTAGEM: ALOISIO GUIMARÃES

Um preso, condenado à pena de morte, esperando pela execução, pediu, como último desejo, um lápis e papel. Após escrever por vários minutos, o condenado chamou o guarda prisional e pediu que essa carta fosse entregue à sua mãe biológica:
Mãe,
Se houvesse mais justiça neste mundo, seríamos os dois executados e não apenas eu. És tão culpada quanto eu sou pela vida que tenho levado.
Lembra quando roubei e levei para casa a bicicleta de um menino como eu? Você me ajudou a escondê-la para que meu pai não descobrisse.
Lembra quando roubei dinheiro da carteira do vizinho? Você foi comigo gastá-lo no centro comercial.
Lembra quando discutiu com meu pai e ele foi embora? Ele só queria corrigir-me por eu ter roubado o resultado final do curso que acabei sendo expulso.
Mãe, eu era só uma criança... Pouco tempo depois, tornei-me um adolescente problemático e, agora, sou um homem bastante malformado. 
Mãe, eu era apenas uma criança que precisava de correção e não de aprovação. Mas mesmo assim eu te perdoo! Só peço que faça essa carta chegar ao maior número de pais do mundo, para eles saberem que o que faz todos os homens se tornarem pessoas do bem ou do mal é a Educação. 
Obrigado mãe, por me teres dado a vida e por me ajudares a perdê-la.
O teu filho delinquente.